ESPORTE

Inscrições para o 2º Trilhão estão abertas

Segunda edição do evento estimula a prática do esporte na cidade

Agora a aventura é sobre duas rodas! As inscrições para o 2º Trilhão Mountain Bike de Lagoa Dourada estão oficialmente abertas. Para quem quiser participar, o valor é R$25 e a saída está prevista para acontecer às 8h30 do dia 30 de abril, no Parque de Exposição.
O primeiro trilhão, que aconteceu no final do ano passado, foi idealizado para motivar o esporte na cidade e ajudar a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), segundo um dos organizadores, Fabricio Coelho Cunha. Ainda segundo o organizador, na primeira edição foram 170 ciclistas de 14 cidades diferentes.
“Assim como ano passado, serão 35km percorridos no trajeto menor, para iniciantes, e 52km no maior. A diferença está no período que irá acontecer. Ano passado, por exemplo, foi em época de muita chuva e barro. Esse ano escolhemos uma data em que as trilhas estivessem mais secas”, afirmou Fabrício.
O percurso atravessa o município e passa pelos povoados do Diamante, Arame e Bandeirinhas, além da comunidade da Soca. Ao longo deste caminho serão disponibilizados três pontos de distribuição de frutas e águas para os ciclistas. Eles também são acompanhados por uma ambulância com enfermeira, caminhonete e motos de trilha para auxílio no caso de contratempos.
Para os ciclistas que se inscreverem, serão sorteados, ao final do trilhão, brindes que foram doados por comerciantes especializados em assessórios para bicicletas. Além disso, os valores arrecadados com as inscrições serão doados para a APAE, assim como o que sobrar das frutas que são distribuídas ao longo do percurso.
Para os lagoenses que quiserem se inscrever, o cadastro pode ser realizado na loja ACLI Bicicletas (ao lado do Banco do Brasil). Quem não for da cidade poderá realizar a inscrição na hora. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada, da Polícia Militar e da APAE.

A disseminação do esporte
Para o outro organizador do evento, Albrair Vicente Resende da Costa, “o ciclismo já está bem difundido em Lagoa e a tendência é aumentar cada vez mais”. Ele, que iniciou no esporte há apenas um ano, admite que essa relação foi se estreitando com o tempo. “Gostei e comecei a participar de algumas competições. A partir de então, me senti no dever de apresentar essa modalidade para mais pessoas”, conclui Albrair.
Quem também compartilha dessa paixão é a estudante Maria Eduarda Ferreira de Paula Sousa. “Algumas pessoas já estavam praticando e gostando, então resolvi começar também e me apaixonei pelo esporte. Antes só fazia musculação”, afirma. Sobre o evento, ela confirma que é importante em sua essência por estimular as pessoas a participarem, praticarem esportes e se preocuparem com a saúde e o bem estar físico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *